Notícias

Adapec promove ações de controle da raiva dos herbívoros na região sul

31/08/2017 - Dinalva Martins / Governo do Tocantins

A equipe de controle da raiva dos herbívoros da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) esteve entre os dias 23 e 30 de agosto, nos municípios de Gurupi, Cariri e Jaú do Tocantins, localizados na região sul do Estado, realizando captura de morcegos hematófagos, orientações aos produtores rurais e monitoramento de novos abrigos. Foram visitadas 20 propriedades rurais resultando na captura de 188 morcegos desta espécie.

O presidente da Adapec, Humberto Camelo, disse que o controle é feito de forma continuada em todo Estado. “Existem profissionais treinados que trabalham especificamente nessas atividades, visando à prevenção e o controle da doença em animais, e consequentemente em humanos”. As equipes atendem a demanda de produtores rurais, por meio de notificação na Agência e/ou monitoram abrigos já existentes. 

O inspetor agropecuário, José Veloso Júnior, explica que desta vez realizaram a captura em cisternas abandonadas, cavernas e minas de dois garimpos, localizadas em Jaú do Tocantins. “Fizemos um grande trabalho nesta região, os produtores rurais foram receptivos e ficaram satisfeitos com as informações repassadas”, disse ele, acrescentando que os morcegos hematófagos após serem capturados recebem o tratamento com a pasta vampiricida, e que cada morcego tratado vai eliminar de 15 a 20 da mesma espécie.

O proprietário da Fazenda Pontalina, José Vicente, disse que depois que participou de uma reunião da Adapec sobre a raiva ficou mais atento sobre a doença. “Percebi que havia morcego na propriedade, avisei o técnico e ele veio imediatamente. Na visita, foi constatado que eram morcegos hematófagos. Depois das capturas não tive mais problemas de sugadura de morcego no gado”, informou.

José Vicente fez questão de declarar que o monitoramento do abrigo na sua propriedade foi um sucesso, que mesmo sendo um trabalho arriscado é muito bem desenvolvido na região. “Os vizinhos se uniram e estão ajudando uns aos outros, pois qualquer suspeita do morcego já avisamos logo a Adapec”, declarou.

Compartilhe esta notícia