Notícias

Adapec e Saúde reforçam parceria para o fortalecimento na prevenção de zoonoses

30/10/2018 - Dinalva Martins / Governo do Tocantins

Representantes da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) e da Secretaria de Saúde do Estado do Tocantins (Sesau) reuniram na manhã desta terça-feira, 30, em Palmas, visando potencializar as ações, por meio de um fluxo de informações oficiais das pastas para a prevenção e controle de doenças. Na oportunidade foi proposta a criação de um grupo técnico e a formalização da troca de informações das zoonoses: brucelose, tuberculose, raiva, entre outras.

O presidente da Adapec, Alberto Mendes da Rocha, falou da importância dessa parceria que tem rendido grandes resultados no controle da raiva animal, e consequentemente na humana, além disso, colocou a Agência à disposição. “Essa troca de dados já vem acontecendo em relação à raiva, queremos expandir para outras doenças e colaborarmos com as ações”, avaliou. Dessa parceria, já foram capacitados 800 profissionais da área da saúde de 34 municípios do Estado.

A diretora de vigilância epidemiológica das doenças vetoriais e zoonoses, Mary Ruth Batista, agradeceu a atuação em conjunto com a Agência e propôs o compartilhamento de relatórios, mapa epidemiológicos, entre outros, para agilizar as informações. “É impossível promover saúde sozinho, precisamos do apoio para melhoramos à atuação, assim, a população só tem a ganhar e melhorar a qualidade de vida”, destacou.

O responsável pelo Programa Estadual de Controle da Raiva dos Herbívoros, José Emerson Cavalcante, disse que muito já foi feito, mas é preciso avançar mais, amadurecer ideia e promover mais treinamento. “Sentimos na prática os resultados, conseguimos um controle maior da doença e aumentamos a nossa produtividade, pois quando somos informados de casos da doença em humanos, procuramos a pessoa para chegarmos à propriedade rural e executarmos nossas atividades”, explicou.  O inspetor agropecuário, José Veloso Júnior, complementou. “É importante estreitar relações e expandir atividades, temos o interesse comum de reestruturar a saúde e epidemiologia”, pontuou.

Expansão

Na ocasião, os inspetores de defesa agropecuários, Alessandro José Ferreira dos Santos e Jardel Martins Ferreira apresentaram a proposta para criação do núcleo de estudos epidemiológicos que será responsável pelos dados estatísticos, gerando mapas epidemiológicos com dados de todos os municípios, facilitando assim a tomada de decisão em relação às doenças.

Compartilhe esta notícia