Notícias

Retirada da vacinação contra aftosa é debatida na Agrotins

09/05/2019 - Welcton de Oliveira

Atentos ao processo de retirada da vacina contra febre aftosa, a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), promoveu nesta quinta-feira, 9, na Feira Agrotecnologica do Tocantins (Agrotins 2019), uma palestra para apresentar o Plano Nacional Estratégico de Retirada da Vacinação Contra Febre Aftosa no Brasil. O Tocantins está incluso no Bloco IV junto com os estados da região sudeste, Goiás, Distrito Federal e Bahia com previsão da retirada da vacina até 2021.

A palestra foi ministrada pelo responsável técnico pelo Programa Estadual de Erradicação da Febre Aftosa da Adapec, João Eduardo Pires, que apresentou o panorama histórico, econômico e legislativo referente à febre aftosa. “O conhecimento dos produtores sobre este assunto é essencial, porém, o órgão de defesa deve manter uma vigilância ativa de controle de suas fronteiras e no trânsito de animais e produtos de origem animal para a conquista e manutenção do status de livre da aftosa sem vacinação”, ressaltou.  

“Estamos em processo de retirada da vacinação contra febre aftosa, e queremos que esta informação chegue a todos os produtores tocantinenses, por isso, aproveitamos a Agrotins para debater sobre este tema e também distribuir material informativo com orientações sobre prazos, diminuição da dosagem da vacina e outras orientações importantes”, disse o presidente da Adapec, Alberto Mendes da Rocha.

O estudante, do 8º período, do curso de medicina veterinária, do Centro Universitário Luterano de Palmas (Ceulp/Ulbra), Luiz Augusto Defaveri, disse que a palestra acrescentou conhecimento sobre a retirada da vacinação, principalmente quanto aos prazos e a zonificação dos estados como forma estratégica comercial.     

 

Compartilhe esta notícia