Notícias

Recadastramento obrigatório de propriedades rurais termina nesta quarta-feira

30/07/2019 - Welcton de Oliveira / Governo do Tocantins

Produtores rurais que ainda não realizaram o recadastramento de suas propriedades junto à Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec), têm até esta quarta-feira, 31, para se regularizarem e evitar que sua ficha de movimentação seja suspensa.

Esta medida faz parte das exigências previstas no Plano Estratégico de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA) para a retirada da vacina contra a aftosa. Além disso, servirá para a padronização no Sistema Informatizado de Defesa Agropecuária do Estado do Tocantins - SIDATO.

O recadastramento é obrigatório para todas as propriedades, mesmo aquelas que não possuem criação de bovídeos ou outros animais. “Aquelas que já existem no sistema da Adapec serão recadastradas e as que não são cadastradas, receberão um registro, por isso, conclamamos os produtores rurais para que procure imediatamente um escritório da Adapec e realize o recadastramento”, destacou o presidente da Agência, Alberto Mendes da Rocha.

Recadastramento

Para fazer o recadastramento, o proprietário ou posseiro do imóvel precisa procurar uma das unidades da Adapec onde se localiza a propriedade rural, munido da documentação pessoal e da propriedade. A documentação necessária e as informações estão disponíveis nos escritórios da Agência ou pelo site adapec.to.gov.br, no link área animal/cadastro de propriedades e também na Instrução Normativa nº 08.

Novo cadastro

Se o produtor rural for abrir novo cadastro de propriedade para a finalidade específica de exploração pecuária deverá, além de outras documentações, levar a Inscrição Estadual. As propriedades que não irão fazer exploração pecuária devem também realizar o cadastro, porém, não há a necessidade da apresentação desse último documento. Nesse caso, a Adapec fará uma visita in loco para checar os dados apresentados e coletar as coordenadas geográficas.

Compartilhe esta notícia